Q isso novinha, q isso?

Saindo tranquilamente do meu treino de Tênis, encontro a colega de segundo grau de minha filha, Lorena. Uma graça de menina, 17 anos, estudiosa, daquelas que gostaria que fosse minha filha…enfim..ela grita ao longe: Tio, me dá uma carona, meu motorista não vai poder me buscar, você me leva pra casa?

– Claro Lorena! 

Entrou pela porta de trás e eu, que sempre ia na frente com Alcides ( o Motorista), resolvi ir atrás com ela. Aquela sainha branca e sua pele morena me levaram a pensamentos que preferiria não ter tido, mas os tive, fui sim…sacana, com todas as consoantes e vogais que o nome permitem. Olhei para aquelas coxas macias, morenas, douradas pelo sol…meu pau subiu na hora.

Tentei olhar para o horizonte, pensar nos cálculos do trabalho, mas o que me vinha à mente eram as curvas do corpo de Lorena. Tão firmes, tão quentes, tão reais. A essa altura eu já estava com o pau batendo na testa, tentei evitar, mas não consegui…ouvi a voz suave acompanhada por uma mão quente subindo pelas minhas pernas…Tá preocupado com algo tio?

Naquele momento em que ela segurou meu cacete no banco de trás do carro, tive a sensação de rejuvenecer 20 anos, meu coração não cabia no peito, e pensei que iria enfartar naquela hora. Mas não foi o que aconteceu.

Olhei para Lorena e em quetão de segundos, meu zipper estava aberto enquanto Lorena chupava deliciosamente cada centímetro do meu cacete. Um sonho para mim que já havia me acostumado com a trivialidade do cotidiano.

Naquele momento me entreguei a luxuria, o homem de negócios, pai de 2 filhos foi engolido por uma boca voraz de uma adolescente de 17 anos. Não tinha pra onde fugir, ou aceitava o presente ou morria com a sensação de culpa.

Tomei seus cabelos em minhas mãos, enfiei minha mão entre suas pernas, coloquei a calcinha de lado e senti seu clitóris quente, molhado, flamejante entre meus dedos. A oportunidade da minha vida. Foder a mehor amiga de minha filha, no banco de trás do meu carro entre beijos e carícias….

Dr…Chegamos! Acordo assustado e com a sensação de que sonhos podem nos invadir, mesmo em um trecho de 10 minutos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: